Experiência no uso do protocolo IPv6 como suporte para a Internet das coisas

Henri Alves Godoy

Resumo


O objetivo dessa experiência realizada na Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) foi configurar na rede de dados a pilha dupla de protocolos Internet Protocol version 4 (IPv4) e Internet Protocol version 6 (IPv6) nos servidores e estações de trabalho. A experiência foi realizada montando-se um tunelamento para encapsular os endereços IPv6 dentro de tuneis IPv4 visto que não possuímos uma conexão nativa de endereços versão 6. Tanto o trânsito de saída como o de entrada foi controlado através de um firewall no túnel para melhorar a segurança dos serviços. Foram configurados os principais serviços como resolução de nomes, envio e recebimento de e-mail e páginas web de forma a entender os impactos na inserção desses tráfegos na rede. Como resultado, foi obtida uma velocidade maior nos tráfegos IPv6 em comparação com IPv4 e o convívio amigável entre as duas versões e protocolos. Mesmo não podendo ainda deixar configurado no ambiente somente o protocolo IPv6, a experiência serviu para entendermos melhor o funcionamento deste novo protocolo e as necessidades em termos de software e hardware


Palavras-chave


IPv6. Tunelamento. 6To4.

Texto completo:

PDF

Referências


THE CENTOS PROJECT. 2015. Disponível em: https://www.centos.org/. Acesso em: 12 nov. 2015.

EQUIPE IPV6.BR Laboratório de IPv6: aprenda na prática usando um emulador de redes. São Paulo: Novatec Editora, 2015. p. 35.

INTERNET SOCIETY. World IPv6 launch. 2012. Disponível em: http://www.worldipv6launch.org. Acesso em: 12 nov. 2015.

IPV6-TEST.COM. IPv6 Test. 2014. Disponível em: http://ipv6-test.com/. Acesso em: 12 nov. 2015.

LACNIC. Esgotamento IPv4. 2014. Disponível em: http://www.lacnic.net/web/lacnic/agotamiento-ipv4. Acesso em: 12 nov. 2015.

MICROSOFT TECHNET. How to disable IPv6 through group policy. 2011. Disponível em: http://social.technet.microsoft.com/wiki/contents/articles/5927.how-to-disable-ipv6-through-group-policy.aspx. Acesso em: 12 nov. 2015.

NIC.BR . Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR. Endereçamento e transição. 2012. Disponível em: http://www.ipv6.br/. Acesso em: 12 nov. 2015.

OETIKER, Tobi. The multi router traffic grapher. 2011. Disponível em: https://oss.oetiker.ch/mrtg/. Acesso em: 12 nov. 2015.

SÃO PAULO (Estado). Governo do Estado. IntraGov. 2014. Disponível em: http://www.intragov.sp.gov.br. Acesso em: 12 nov. 2015.

TEST-IPV6.COM. Testar IPv6. 2014. Disponível em: http://test-ipv6.com/. Acesso em: 12 nov. 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

(c) Rev. Saberes Univ., Campinas (SP) - ISSN 2447-9411.