Logo SBU       Logo Unicamp

Treinamento Base de Dados KnowItAll U

O KnowItAll U é um aplicativo da Bio-Rad que permite o acesso ilimitado a bases de dados espectrais digitais que contêm diversos tipos de espectros e meta-dados de uma grande variedade de produtos puros e comerciais, largamente utilizados em pesquisas acadêmicas e na indústria química. A combinação exclusiva do software com os dados de referência espectrais de alta qualidade fornece aos químicos, físicos e engenheiros a tecnologia mais moderna disponível para análises espectrais.

Inscrições

 

Treinamentos nas Bases de Dados

Scopus: Base de resumos e referências bibliográficas de leitura científica revisada por pares.

Engineering Village: Compendex é a base de dados mais completa de literatura de engenharia disponível no mundo. São 17 milhões de registros desde 73 países em 190 disciplinas de engenharia.

Data: 18/04/2017 – 14h30

Local: Sala de Treinamento da BAE

Inscrições

Treinamento Questel Orbit

O Questel Orbit é um sistema de busca e análise de informações contidas em patentes que provê acesso a informações de publicações de patentes em mais de 90 países, com recursos avançados de visualização, exportação e análises de grandes conjuntos de informações. Atualmente, é utilizado por centenas de empresas e instituições no mundo todo, para atividades de suporte à pesquisa e desenvolvimento, construção de plataformas tecnológicas, fusões, aquisições etc.

Este treinamento será precedido de uma palestra da INOVA sobre Propriedade Intelectual.

Dia: 12/04/17

Horário: 9h – 12h

Local: Auditório da Biblioteca Central Cesar Lattes

Inscrições e maiores informações, clique aqui

Treinamento Plataforma ProQuest

ProQuest Central: base de dados multidisciplinar de texto completo.

&

ProQuest Dissertations and Theses: coleção de dissertações e teses mais abrangente do mundo.

Data: 11/04/17            Horário: 14h30

Local: Auditório da Biblioteca Central

Número de vagas: 120

Clique aqui para fazer sua inscrição

Exposição: CLAUDIO TOZZI, TERRITÓRIOS E OUTROS TRABALHOS

A Biblioteca ‘Octavio Ianni’ do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) apresenta a exposição Territórios e outros trabalhos, que reunirá alguns dos mais recentes trabalhos do artista Claudio Tozzi. A mostra, coordenada pelo Prof. Dr. Jorge Coli e pelo curador Alexandre Pedro de Medeiros, será aberta ao público no dia 6 de abril às 14 horas e 30 minutos e ficará em cartaz até 22 de junho.

Artista que, em sua trajetória de mais de 50 anos, apresentou diversos núcleos. Primeiro, nos agitados anos 60, estabeleceu um diálogo com a arte pop. Na década seguinte se interessou pelas proposições da arte conceitual. Em seguida, aproximou sua pintura da arquitetura, área de sua formação, e é ao que tem se dedicado, de certo modo, também recentemente.

Sua produção mais atual apresentada nesta exposição não está mais interessada em imaginar arquiteturas, como esteve nos anos 80, pelo menos não no sentido de sua realização concreta, mas em voltar(-se) à origem da arquitetura, isto é, ao espaço.

Há nesses trabalhos – como há em grande parte da produção de Tozzi – uma relação complementar com a arquitetura, evidenciada pela observação do modo como o artista constrói o espaço pictórico, que se aproxima do tratamento dado pelo arquiteto ao espaço tridimensional. Tal fato é patente, porque as obras em questão partem de um pensamento, resultam de um projeto.

Trabalhos da série Territórios já foram expostos na Referência Galeria de Arte, em Brasília, de 3 de setembro a 1º de outubro de 2016, e no Gary Nader Art Centre, em Miami, FL (EUA), de 2 de março a 2 de abril de 2017.

Informações sobre o artista: http://www.art-bonobo.com/claudiotozzi/tozzi.html

III Seminário da Biblioteca FEF/Unicamp

A Biblioteca “Prof. Asdrúbal Ferreira Batista” da Faculdade de Educação Física (FEF) da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), possui um acervo de aproximadamente 23.000 volumes. Além da constante atualização deste acervo é detentora de uma coleção de obras que datam do final do século XIX, e que abrange jornais, revistas, livros, manuscritos, fotografias, troféus, medalhas, entre outros objetos da cultura material. Muitos dos títulos destas coleções são classificados como importantes fontes de pesquisa histórica de inegável valor, sendo que alguns deles não existem em outras bibliotecas do país, nem mesmo na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, que é depositária e zela pela memória da produção intelectual gerada no Brasil. Este conjunto de obras e objetos é de grande valor para aqueles que se dedicam a realizar pesquisas na área da história e sociologia da Educação Física e Esportes, sendo um importante ponto de ancoragem na constituição de fontes para diferentes problemas e temas de pesquisa.

O objetivo deste III Seminário da Biblioteca FEF/Unicamp é discutir e analisar os diferentes desafios de uma Biblioteca Universitária, sobretudo na preservação física e digital de Coleções Especiais.

Local: Auditório da FEF
Datas: 06 de abril; 18 de maio; 08 de junho
Horário: 17h30 às 19h30

Organização e realização: Biblioteca e Comissão de Biblioteca –FEF/Unicamp

Acesse o programa

Base de Dados: KnowItAll

A maior coleção de bases espectrais do mundo está disponível para a Comunidade da Unicamp. Trata-se do KnowItAll U da Bio-Rad.

As coleções espectrais contêm espectros de compostos puros e de uma grande variedade de produtos comerciais utilizados em pesquisa acadêmica e na indústria química.

Saiba mais

Exposição “África: memória e identidade”

O Projeto Espaço de Arte, da Coordenadoria de Desenvolvimento Cultural (CDC) da Unicamp, traz à universidade a exposição África: memória e identidade, com esculturas, máscaras e utensílios africanos do Instituto Cultural Babá Toloji. Exposição acontece no saguão da Biblioteca Central “Cesar Lattes” de 22 de março a 19 de abril.

Luiz Antonio Castro de Jesus, mais conhecido como Toloji, é um baiano que tornou-se campineiro. No dia 20 de junho de 1999, ao receber o título de cidadão campineiro em seção solene da Câmara dos Vereadores do Município de Campinas, Luiz concretizou um sonho: inaugurou o Instituto Cultural Babá Toloji, que leva seu nome de babalorixá. Um babalorixá é responsável pela casa de candomblé, e no caso de Toloji ela é a “Comunidade da Tradição do Culto Afro Ilesin Ogun LaKayie Osinmole”.

O acervo do Instituto conta atualmente com mais de 11.500 peças, entre esculturas de divindades do Candomblé, máscaras, tecidos, pinturas e objetos de uso cotidiano, além de outras tantas obras artísticas ou utilitárias. Em sua grande maioria, as peças vieram diretamente da África, de países como Senegal, Angola, Cabo Verde, Nigéria e Costa Marfim. Destas, 30 peças serão expostas na Biblioteca Central.

A ideia de se criar um Instituto Cultural, com exposição museológica, foi acompanhada da preocupação em promover a divulgação para o público, tornando o Instituto parte da rota cultural de Campinas e Região. A mensagem que deve chegar ao público visitante é de que o acervo é rico em patrimônio histórico e cultural africano e influências afro na cultura brasileira.

Biblioteca oferece oficina gratuita de escrita criativa

A Biblioteca do Cotuca promove, a partir de abril, uma Oficina de Escrita Criativa, com a professora e escritora Jana Bianchi. Jana, além de autora de diversos contos e do livro Lobo de Rua (disponível em nosso acervo), é ex-aluna do curso técnico em Alimentos do Cotuca.

O público-alvo da oficina é a comunidade do Cotuca, incluindo alunos de todas as modalidades, professores e funcionários do colégio.

Para mais informações, clique aqui

.

Mais notícias